domingo, 30 de março de 2014

Amanhã tem Baião Instrumental no Rival com Waldonys & Misael da Hora

Acordeon e Piano. Essa união agrada plateias jazzísticas do mundo inteiro. Com uma proposta arrojada, os artistas apresentam um repertório que homenageia o “Rei do Baião” Luiz Gonzaga e a música nordestina em versão instrumental com influências do Jazz, Baião e Blues. Os cariocas poderão conferir essa mistura, amanhã,  no Teatro Rival Petrobras.
Canções como Asa Branca de A Vida de Viajante são apresentadas com novos arranjos, criados especialmente por Misael da Hora para acordeon e piano. O Baião Instrumental é um show popular e sofisticado com sabor jazzístico.
A amizade de Waldonys & Misael da Hora começou quando foram apresentados em Fortaleza, mas a afinidade musical em torno do universo de  Luiz Gonzaga já vem de longa data.
O acordeonista Waldonys é afilhado de Dominguinhos e iniciou sua carreira integrando a banda de Luiz Gonzaga. Já gravou dez discos próprio, dois DVDs e consolidou seu nome junto a importantes cantores e compositores da MBP.
Misael da Hora, pianista, arranjador e produtor musical, é filho do maestro Rildo Hora, que foi amigo e produtor de Luiz Gonzaga na década de 70. Nesse período, Misael conviveu com o Rei do Baião. Alguns anos depois Misael integrou a banda de Sivuca, tocando clássicos do mestre Luiz Gonzaga em arranjos especiais.

sábado, 29 de março de 2014

Lançamento

A jornalista e escritora Márcia Peltier lança dia 7, na Travessa do Leblon, o livro Todas as coisas visíveis e invisíveis, pela Casa da Palavra.

Ciclo de palestras

A Acadêmica Nélida Piñon fará, na terça-feira,  a palestra de abertura do ciclo Vozes contemporâneas – a ficção, sob coordenação do Acadêmico e jornalista Cícero Sandroni, denominada A voz que narra no escuro.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Noite de autógrafos

Rick, do Pasquim, o ex-Casseta Reinaldo e o cartunista Jaguar durante o lançamento do livro Fortuna - O cartunista dos cartunistas, pela  Editora Pinakotheke. Foto Marco Rodrigues

Juntos Somos Fortes

O Ponto de Equilíbrio apresenta amanhã, no Circo Voador, o  show Juntos Somos Fortes. 
 O cenário do espetáculo  é do grafiteiro Fábio Ema, que tem conceito orgânico, com telas de bambu. Além disso, imagens que remetem às letras e composições da banda são projetadas nessas telas e nos painéis de led que compõem o cenário.

Depois do polêmico comercial de carne...

O cantor Roberto Carlos, que voltou a   comer carne recentemente, foi pela primeira vez a um restaurante no Humaitá, no  Rio de Janeiro, cuja especialidade é carne. Acompanhado do irmão, Roberto Carlos, é claro, jantou ontem, ao lado do irmão, em um local cuja a carne é da marca que ele representa. O cantor já havia degustado carne bovina recentemente em Porto Alegre e Miami.  Foto  Felipe Panfili/AgNews

SATED Rio em Ação 2014

A turma do SATED, responsável pela Circulação de Espetáculos festeja o sucesso do evento. Depois do sucesso da peça Dá Licença Minha Gente, em Petrópolis, e O Teste, em Araruama; neste  fim de semana será a vez de Itaperuna e São João de Meriti. Cinco Vezes Nelson, de Nelson Rodrigues e direção de Marcio Penna e Fernando Clauscem, será apresentada, com atores de Macaé, em Itaperuna,  amanhã, às 20h, no Teatro de Bolso Jorge Coutinho. Artistas de Araruama vão encenar a peça Algumas de Aristeu, de Perla Duarte e Alexandre Marinho, na Praça da Matriz, às 10h,  em São João de Meriti, no sábado. Todas as apresentações são gratuitas.
Em tempo: Nesta sexta-feira (28 de março), às 13 horas, será exibido   curta metragem É nós comunidade, de Jorge Coutinho e atuação de Sheila Ley, no Centro de Cultura da Justiça Federal, dentro do 7º Encontro de Cinema Negro Brasil, África e Caribe/ Zózimo Bulbul.

Só até domingo

Termina no domingo,  30, na JFRJ o 7º Encontro de Cinema Negro Brasil, África e Caribe / Zózimo Bulbul. A  mostra apresentou mais de 40 filmes, além de seminários e palestras. Com curadorias dos cineastas Joel Zito Araújo, Mansour Sora Wade, do Senegal e de Rigoberto Lopez, de Cuba e com coordenação geral de Biza Vianna, o evento reuniu 11 cineastas africanos e 2 caribenhos, além de cineastas de diversos estados brasileiros. Nomes como Paulo Betti, Sheron Menezzes, Zeze Motta e Helio de la Peña já  prestigiaram o  Encontro.

Corrente positiva

Fontes ligadas ao SBT dizem que os programas deixados gravados por Silvio Santos antes de seguir em  viagem de férias para os Estados Unidos estão terminando e que o apresentador ainda não marcou data para voltar ao Brasil.  Segundo dizem, o Homem do Baú segue  tratamento de saúde por lá. Daniela, uma das filhas do apresentador, já esta nos Estados Unidos acompanhando o pai. Por aqui, Renato Aragão segue internado no Hospital Samaritano em Botafogo, onde trata um infecção urinária. O humorista esteve internado durante alguns dias no Hospital Barra D`Or e depois de ter alta apresentou quandro de infecção. Também no Samaritano, continua internado na UTI, Anísio Abraão David - presidente de honra da Beija-Flor de Nilópolis e um dos responsáveis pela  grande transformação do Carnaval carioca.

terça-feira, 25 de março de 2014

No palco, na telinha e na literatura

Aproveitando uma folga das gravações de Joia Rara, da TV Globo, a atriz Maria Gal, que interpreta a Margarida na trama, fez um ensaio sensual posando para as lentes do fotógrafo Renato Rocha Miranda. Além da telinha, Maria Gal pode ser vista nos palcos paulistas com a peça As Paparutas, primeiro texto infantil do ator Lázaro Ramos.
 - O espetáculo conta a história do encontro de uma menina do mundo da fantasia com o menino do mundo real e juntos descobrem a importância do respeito às diferenças e da realização de seus sonhos -comenta a atriz,  que ainda colhe frutos do livro  livro infantil, A Bailarina e a Bolha de Sabão, lançado em 2013 e que conta uma história envolvendo bullying.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Tapete Vermelho

No tapete vermelho do Cine Odeon, no centro, juntas  e muito emocionadas Léa Garcia -  protagonista da história - e a diretora Viviane Ferreira, depois da exibição  do curta O Dia de Jerusa.
Foto Ierê Ferreira

Com a benção de Carlos Colla

A   cantora Beatriz Rodarte fez um pouso no Rio de Janeiro nesta sexta-feira, 28, para apresentar a cidade  seu novo disco Natural. No show, que acontece no Godofredo, em Botafogo, a mineira vai apresentar 3 canções inéditas composta por Carlos Colla especialemente para ela. No repertório do show estão ainda releituras de sucessos da música popular brasileira como a turma do Clube da Esquina, Wander Lee, Dorival Caymmi, Tom Jobim, Cazuza e Lenine.
Mineira de Belo Horizonte, Beatriz Rodarte começou sua carreira aos dez anos. Teve aulas de canto com o mestre Maurício Tizumba. Ainda na adolescência participou de diversos projetos musicais como Trampolim, Canto em Qualquer Canto, Ensaio Aberto e Mostra de Cantores.  Mais tarde fez parte do grupo Tambor Mineiro e participou da gravação do seu primeiro CD homônimo. Com este trabalho dividiu o palco com nomes como Chico César, Paula Santoro, Pedro Luis e Milton Nascimento.  Ao longo da sua trajetória, teve participações em inúmeros CDs de artistas como Ezequiel Lima, Péricles Garcia, Banda Pendulum, Alexandre Az, Banda Alcalyno, Trio Jerimum e Trio Bodocó. A cantora também fez parte do grupo Harém da Imaginação.   O primeiro disco solo, Circo de Ilusões, foi lançado em 2009. Neste trabalho, a artista invoca seu talento percussivo e o alia com o potencial da sua voz. A obra marcou sua entrada no caminho das composições autorais e também contou com músicas de Milton Nascimento, Ronaldo Bastos, Alexandre Az, Tino Gomes e Tom Nascimento.