quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Incentivo às artes

A Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e o presidente da Fundação Nacional de Artes – Funarte, Antonio Grassi, anunciaram hoje,  o programa de fomento às artes, no Salão Portinari do Palácio Gustavo Capanema, no Centro do Rio.
Foto Onofre Veras / AgNews

Foi mais um susto

O Hospital Israelita Albert Einstein informou agora a pouco que o paciente  Welson David de Camargo - o Luciano da dupla Zezé di Camargo & Luciano - recebeu alta hospitalar  hoje, dia 2, após ser internado na tarde de ontem, por conta de uma gastroenterite.

Vou rifar meu coração tem pré-estreia concorrida no Rio

A diretora Ana Rieper participou ontem da sessão pré-estreia de seu novo longa Vou rifar meu coração que lotou o Arteplex e chega aos cinemas nesta sexta-feira, 3. O longa trata do imaginário romântico, erótico e afetivo brasileiro a partir da obra dos principais nomes da música popular romântica, também conhecida como brega. Letras de músicas de artistas como Agnaldo Timóteo, Waldik Soriano, Nelson Ned, Amado Batista, Peninha, Walter de Afogados e Wando, entre outros, formam verdadeiras crônicas dos dramas da vida a dois.

Programa de Adriane Galisteu está novamente sem diretor

Ricardo Perez deixou o "Muito Mais", atração da Rede Bandeirantes apresentada por Galisteu. Ele pediu demissão da direção do programa na manhã de hoje, com poucos dias no emprego. Ricardo substituiu recentemente Rodrigo Branco, que também havia deixado a emissora. O nome mais cotado para assumir o cargo é Marcelo Nascimento, ex-diretor do "Super Pop", da Rede TV!
Por Rogério Tadeu/SP

Vida sem ponto final

Vida Vivida - Por Amanda Pieranti
Que os meus leitores me perdoem a ausência por mais de uma semana, mas fui vencida momentaneamente pelo vírus da gripe. Gente, uma gripe que eu jamais tivera, com as temíveis dores pelo corpo todo, como se tivesse levado uma surra das mais pesadas. Ainda não estou 100% recuperada, mas já podemos refletir juntos. E é quando estamos mais fragilizados que a mente voa. Voa longe e pensamos na vida. Vida esta que se fragiliza diante do corpo que padece.

Tá, não vamos exagerar. A minha gripe não foi fatal. Mas fiquei imaginando no sofrimento maior que pessoas têm por conta de doenças mais sérias. Naturalmente não sofremos a mesma dor, até por acharmos que está longe de acontecer conosco. É a velha história: acontece com o vizinho, mas com a gente não, até que acontece e nos damos conta de nossa mortalidade. Longe de mim querer que fiquemos pensando em assuntos tristes, deprimentes. Ao contrário, quero que valorizemos nosso estado maior: a vida. E ela vivamos em sua plenitude.

Assistindo a um programa de Cissa Guimarães, no GNT, em que fala de fé, nas várias religiões, me deparei com a história de um monge budista que perdeu a esposa aos 50 e poucos anos, vítima de um câncer no pâncreas. Ele conta que os dois foram se preparando para o dia da partida dela e quando o momento chegou, ele morreu para depois renascer e se reconstruir. Ela deixou uma carta se despedindo dos amigos e familiares, sem se lamentar, mas agradecendo por tudo que viveu. E ele deixa o ensinamento sobre tudo que passou.
Seria tão bom que pudéssemos nos despedir dos entes queridos de forma feliz, sem nos amargurarmos ou causarmos dor e tristeza nos que ficam...Mas nossa cultura ocidental não permite. O que tiro de lição, é que mesmo no pior momento da vida da gente, há o que se aprender. Seja para depois que a turbulência passar, você ser uma nova pessoa, ou para aquietar o coração dos que ficam. Falando desse casal que sofreu uma separação pela morte, o que mais ele fez foi valorizar a vida, mesmo diante da fragilidade da doença.

Ela fazia o tratamento, e quando estava acordada aproveitava as horas para meditar com o esposo e
conversar com ele. E nós, o que estamos fazendo em vida? Ou seria melhor perguntar, o que estamos deixando de fazer nas tantas horas que temos de nossa vida saudável? Eu lamentei compromissos que tinha desde os mais simples aos mais comuns, e olha que a vida iria seguir depois do tempo normal que a gripe tem para ser curada. Imagina se houvesse um ponto final? Do que me arrependeria de não ter feito?
Fato é que arrumamos desculpas para não termos feito isso ou aquilo e deixamos para o limite do tempo a realização dos pequenos prazeres da vida. Lamentei tudo que não pude fazer enquanto estive gripada, mas lamento muito mais quando a vida está pulsando e não estou aproveitando todo o seu vigor. Eu tenho sede de viver, e viver minha vida bem vivida! Vocês me acompanham?
 

De partida

A espanhola Repsol vai sair do Equador. A empresa conseguiu a permissão do governo de Rafael Correa para vender seus ativos no país.

Coca "Zero" terá embalagens com nome de consumidores

O intuito é estampar 150 nomes mais comuns nos rótulos do refrigerante entre jovens adultos brasileiros para reforçar a marca. Esta mesma campanha já foi adotada na Austrália no ano passado e chega neste mês ao Brasil. Quem não estiver entre os 150 pode tentar emplacar outros nomes por meio de uma votação na fan page da marca. De acordo com a Coca-Cola, mais 50 serão escolhidos com a ajuda dos consumidores. Ainda nas redes sociais, um aplicativo permitirá a personalização de uma lata virtual. A edição de embalagens customizadas integra a campanha “Descubra a Sua Coca-Cola Zero”.
Por Rogério Tadeu/SP

Fritou

A justiça chilena denunciou Mc Donald's, Burger King e Kentucky Fried Chicken por descumprirem  a lei da "comida chatarra" – que estabelece a obrigatoriedade de informar sobre a composição nutricional e proíbe os presentinhos para ganhar mais clientes.

Notícia boa

Claudia Jimenez deixou na manhã desta quinta-feira, 2, o  Hospital Pró Cardíaco, em Botafogo. A atriz  que foi submetida recentemente a uma cirurgia do coração, deixou o hospital acompanhada pela amiga Stella Torreão.

Sacolinhas

Os supermercados paulistas que descumprirem a determinação de fornecer, gratuitamente e em quantidade suficiente, embalagens de papel ou material biodegradável aos consumidores terão de pagar multa diária de R$ 20 mil, por ponto de venda, até o limite de R$ 2 milhões, por réu.

Unidos da Tijuca pode cancelar o convite para Fabiana Karla ser rainha de bateria



O presidente da Campeã do Carnaval 2012 Fernando Horta estaria arrependido do convite feito à atriz da Rede Globo, de acordo com fontes do meio do Samba. Segundo informações de bastidores, Fernando estaria pressionado por parte da comunidade da escola do Morro do Borel para desistir da ideia. É bom lembrar que Fabiana sequer respondeu oficialmente se assume ou não o posto oferecido, mas estaria animada para aceitar a proposta. Atualmente, ela trabalha no remake da novela Gabriela, além do humorístico Zorra Total.
Por Rogério Tadeu/SP

CPI do Cachoeira

As revelações do juiz federal Alderico Rocha Santos relatando como foi chantageado por Andrezza Mendonça, mulher de Carlos Cachoeira, mostram claramente que o senador Fernando Collor tinha razão quando propôs, na CPI do Cachoeira, a convocação do jornalista da "Veja", Policarpo Junior. Naquela oportunidade, alguns membros da Comissão, autênticos sabujos da banda podre da imprensa, exatamente a que Collor combate, com destemor e sem temer ameaças de decaídos e venais, rejeitaram a iniciativa do ex-presidente e senador pelo PTB alagoano, sob o argumento cretino de que Collor pretendia apenas "se vingar da revista, por causar seu impeachment"". Pois bem. Agora, o magistrado Alderico conta que à certa altura ouviu textualmente Andrezza dizer:" Doutor, quero falar algo muito bom para o senhor. o senhor conhece o Policarpo? Ele trabalhou para o Carlos e vai divulgar um dossiê contra o senhor. mas eu vi que o senhor é uma pessoa simples e humilde e liguei para ele para ele para pedir que não divulgue o dossiê". Nesta linha, diante de tantas evidências contra o jornalista e a "Veja", espera-se que a CPI cumpra sua missão constitucional e democrática, convocando, além de Andrezza, Policarpo Junior. Grupo de parvos e vestais poderão alegar outra colossal tolice, a de que Collor é inimigo da imprensa. Nada mais mentiroso. Collor também é jornalista. O que combate é a informação manipulada , distorcida, requentada e caluniadora.