sábado, 27 de outubro de 2012

O ano de investimentos em Goiás

Com o empréstimo de 1,5 bilhão de reais assinados no BNDES, o governador tucano Marconi Perillo afirma que 2013 será "o ano de investimentos em Goiás". Além deste, até janeiro o Estado espera receber outro emprestimo federal de 627 milhões de reais do Pró-Investe. A euforia do governador tem razão de ser, porque goiás também tem empréstimos a receber da Eletrobrás, do fundo de Transporte e recursos para saneamento básico. Serão mais de 3,5 bilhões de reais para investimentos principalmente em obras de infraestrutura, que possibiilitarão mais empregos e mais investimentos em Goiás.

Mercado em alta

De acordo com a BM&Bovespa, o mercado imobiliário brasileiro cresceu e trouxe oportunidades para investidores pessoas fisicas e juridicas. Por esta razão, a bolsa de valores lançou o índice de investimentos em fundos imobiliários(IFIX), que avalia a atuação de carteira de ações téoricas para refletir o comportamento do mercado.

Investindo alto

A Fundação Biblioteca Nacional, do Ministério da Cultura, vai investir, até 2020, 35 milhões de dólares em ampla politica pública de longo prazo, visando a presença do livro brasileiro no exterior. Esses valores serão empregados tanto para financiar a tradução de obras como para divulgar os autores e a literatura nacional  no exterior através da participação em eventos expressivos, programas de residência e apoio a viagens, palestras e encontros.

Está de volta o ciclo de conferências da ABL

Academia Brasileira de Letras abre seu novo ciclo de conferências, chamado A crítica sob suspeição?, coordenado por Ivan Junqueira. Ao todo, o ciclo terá   duas conferências, e a primeira, denominada A teoria literária em questão, será proferida pelo Acadêmico e ensaísta Eduardo Portella. O evento acontece dia 30, às 17h30min, na sede da Academia. Entrada franca.