terça-feira, 15 de outubro de 2013

Entrevista exclusiva: Rita Benneditto festeja 10 anos de Tecnomacumba

Parece que foi ontem, mas o projeto Tecnomacumba, da maranhense  Rita Benneditto completa 10 anos de sucesso e muito axé. Para festejar toda a trajetória, a cantora se apresenta com a banda Cavaleiros de Aruanda, nesta quarta-feira, 16, no Teatro Sesi Centro, no Rio. Em um bate papo exclusivo com o blog, Rita Benneditto, que há 10 anos, quando começou o projeto assinava Rita Ribeiro, abriu seu coração e fala entre outras coisas da renovação da fé do povo negro brasileiro, da troca do sobrenome  e do novo projeto chamado Encanto, que já esta em fase de produção.

Blog - Qual o balanço desses 10 anos de Tecnomacumba?

Rita Benneditto  - Celebração e sucesso, conquistados com coragem,  fé e confiança.
Tecnomacumba  se estabeleceu na musica brasileira por sua originalidade e compromisso cultural,confirma a presença determinante do  africano, na formação do povo brasileiro e mostra o quanto a musica brasileira deve as religiões de matriz  africana.
Estou muito feliz com o sucesso do projeto e devo isso a todos que perceberam, assim como eu, que a historia de um povo é contada através de sua cultura e por isso deve ser preservada difundida. Agradeço ao meu publico por  todos esses anos de vibração e cumplicidade, cantando e celebrando a historia do povo brasileiro.
  

Blog - O que o projeto provocou de mudanças em sua carreira?

Rita Benneditto - Tecnomacumba determina um lugar na minha carreira artística que estabelece uma conexão maior com o publico, populariza e amplia o acesso ao meu trabalho.O projeto veio pra religar as pessoas as suas matrizes e reafirmar o espaço da cultura negra

Blog – O que você considera de mais importante de todo o projeto Tecnomacumba?

Rita Benneditto - A sua Atemporalidade, o tempo  em que permanece  vivo e se fortalece.

Blog – Para o show do dia 16 você preparou alguma surpresa? Tem algum convidado especial?

Rita Benneditto - Todo show é sempre uma  surpresa, um transe particular.Teremos duas musicas novas no repertório e chamei pra fazer uma participação especial, o  rapper Marechal, de quem sou muito fã.
Marechal é a mais nova voz de uma consciência mais livre, revolucionária e   transformadora, é um mensageiro das palavras e das canções.

Blog - Desse show o publico terá algum CD ou DVD?

Rita Benneditto - Não, vamos apenas cantar e celebrar juntos mais um encontro entre tantos que já aconteceram este ano por ocasião dos 10 anos.Esses shows celebram também a transição de um ciclo de trabalho, abrindo espaço para uma nova história a ser contada com a chegada do meu novo cd que vai se chamar "Encanto".
Blog – Quais os projetos para o próximo ano?

Rita Benneditto - Encanto é o projeto do proximo ano.Já estou em fase de produção e  começo as gravações no inicio de dezembro.O lançamento é uma parceria do meu selo Manaxica Produções com a gravadora Biscoito Fino e tá previsto para o primeiro semestre de 2014.
Será lançado também um cd que fiz em parceria com a cantora Jussara Silveira e, que foi todo gravado na Chapada da Diamantina com direção musical de Alê Siqueira e José Miguel Wisnik. O título (provisório) do cd é Tom de voz.

Blog – Recentemente você trocou o nome de Rita Ribeiro para Rita Benedito. O que a fez mudar?

Rita Benneditto - Há algum tempo descobri a existência de nomes artísticos coincidentes com o meu e, recentemente, tive ciência do registro do nome artístico que utilizava. Assim, em lugar de entrar com um longo e desgastante processo na justiça e como sempre fui ligada ao sagrado – vide o sucesso do show Tecnomacumba, que já dura dez anos – resolvi então atender aos sinais e mudar meu nome artístico. Escolhi um sobrenome que é, ao mesmo tempo, uma homenagem ao meu pai, que se chamava Fausto Benedito Ribeiro; à minha terra natal, São Benedito do Rio Preto, cidade do Interior do Maranhão; e também  por ser um nome abençoado. Benedito tem origem no latim, Benedictus, que significa abençoado, louvado, consagrado.

Blog - A música é algo de grande importância em qualquer rito religioso, principalmente nas religiões afro. Você acha que o Projeto Tecnomacumba contribuiu de alguma maneira com essas religiões? E de que maneira?

Rita Benneditto - Tecnomacumba representa a renovação de fé do povo negro brasileiro, a reverência a sua historia e ancestralidade.
Sinto-me honrada de ter sido bem acolhida pelo povo do santo  e de ter conseguido através da musica  contar e cantar a mitologia africana, seus deuses e lendas.

Blog - Você segue alguma religião ou, como você diz em uma canção, sua religião é a musica?

Rita Benneditto - Sou ecumênica universalista, onde estar o bem, ali me encontro. Busco a diversidade do pensamento, sou devota de Santa Rita e São Benedito, sou filha de deuses do fogo, sou da cabocla Jurema, mas é na musica que me encontro religada em todas as dimensões e existências.

Confira um pouquinho desses dez anos de Tecnomacumba!