terça-feira, 19 de novembro de 2013

Vem chuvarada por aí

Foto Marcos Hermes
Lia Sabugosa lança este mês seu novo CD Chuvarada. Um disco recheado de composições de  nomes como Monique Kessous, Rodrigo Bittencourt, Lula Queiroga, Arnaldo Antunes, Lupicínio Rodrigues, entre outros. Paulinho Moska faz participação especial na belíssima Toneladas, composta por Lia  em parceria com Daniel Lopes.
Nervos de Aço, de Lupicínio Rodrigues,  é um dos grandes destaques da obra.
E a  canção Primeira, quarta música do disco, resume de forma sutil o que é  o Chuvarada.

"Foi chegando se apossando
Quando eu vi já tava aqui
Preenchendo espaços..."

Que isso, Lulu!

Lulu Santos ficou muito irritado ao perceber que estava sendo fotografado quando deixava um banheiro de um  aeroporto,  e fez um gesto obsceno para o fotógrafo. Tudo bem que o cantor, assim como todo ser humano, tem direito a  privacidade, mas Lulu que  vem abrilhantando tanto o programa  The Voice Brasil e conquistando cada vez mais fãs que não precisava chagar a tanto.
Foto Orlando Oliveira / AgNews

Dona Xepa e Balacobaco ganham prêmio internacional

A Rede  Record recebeu três prêmios internacionais no FYMTI, Festival Y Mercado de TV – Ficción Internacional, realizado na última semana em Buenos Aires, na Argentina.  A novela Dona Xepa, com texto de Gustavo Reiz e direção de Ivan Zettel, recebeu prêmio de “Melhor Telenovela de 2013”  e “Melhor Tema Musical 2013”.
Balacobaco, novela de Gisele Joras com direção de Edson Spinello, foi premiada como “Melhor Ficção/Comédia 2013”. 
A premiação é organizada pelo FYMTI, que é um evento dedicado à indústria do entretenimento, formado por três partes: a feira (compra e venda de conteúdo), fórum (mesa redonda e workshops) e o festival, que premia os melhores da TV. 
Na Argentina Dona Xepa ganhou o nome de La Pichinchona e Balacobaco recebeu o título de Los Tranposos.

CCJF hemenageia Zózimo Bulbul

Na semana da Consciência Negra, entre os dias 22 e 24,  o Centro Cultural da Justiça Federal fará uma homenagem ao cineasta Zózimo Bulbul. O projeto pretende atuar na Preservação e Memória da obra de Zózimo, que se tornou referência para a cultura negra através do cinema, revistando seu trabalho para formadores de opinião e  principalmente para as novas gerações, através de Mostra de 13 filmes realizados por ele, como ator e cineasta, todos com entrada franca.