segunda-feira, 24 de março de 2014

Tapete Vermelho

No tapete vermelho do Cine Odeon, no centro, juntas  e muito emocionadas Léa Garcia -  protagonista da história - e a diretora Viviane Ferreira, depois da exibição  do curta O Dia de Jerusa.
Foto Ierê Ferreira

Com a benção de Carlos Colla

A   cantora Beatriz Rodarte fez um pouso no Rio de Janeiro nesta sexta-feira, 28, para apresentar a cidade  seu novo disco Natural. No show, que acontece no Godofredo, em Botafogo, a mineira vai apresentar 3 canções inéditas composta por Carlos Colla especialemente para ela. No repertório do show estão ainda releituras de sucessos da música popular brasileira como a turma do Clube da Esquina, Wander Lee, Dorival Caymmi, Tom Jobim, Cazuza e Lenine.
Mineira de Belo Horizonte, Beatriz Rodarte começou sua carreira aos dez anos. Teve aulas de canto com o mestre Maurício Tizumba. Ainda na adolescência participou de diversos projetos musicais como Trampolim, Canto em Qualquer Canto, Ensaio Aberto e Mostra de Cantores.  Mais tarde fez parte do grupo Tambor Mineiro e participou da gravação do seu primeiro CD homônimo. Com este trabalho dividiu o palco com nomes como Chico César, Paula Santoro, Pedro Luis e Milton Nascimento.  Ao longo da sua trajetória, teve participações em inúmeros CDs de artistas como Ezequiel Lima, Péricles Garcia, Banda Pendulum, Alexandre Az, Banda Alcalyno, Trio Jerimum e Trio Bodocó. A cantora também fez parte do grupo Harém da Imaginação.   O primeiro disco solo, Circo de Ilusões, foi lançado em 2009. Neste trabalho, a artista invoca seu talento percussivo e o alia com o potencial da sua voz. A obra marcou sua entrada no caminho das composições autorais e também contou com músicas de Milton Nascimento, Ronaldo Bastos, Alexandre Az, Tino Gomes e Tom Nascimento.