domingo, 30 de março de 2014

Amanhã tem Baião Instrumental no Rival com Waldonys & Misael da Hora

Acordeon e Piano. Essa união agrada plateias jazzísticas do mundo inteiro. Com uma proposta arrojada, os artistas apresentam um repertório que homenageia o “Rei do Baião” Luiz Gonzaga e a música nordestina em versão instrumental com influências do Jazz, Baião e Blues. Os cariocas poderão conferir essa mistura, amanhã,  no Teatro Rival Petrobras.
Canções como Asa Branca de A Vida de Viajante são apresentadas com novos arranjos, criados especialmente por Misael da Hora para acordeon e piano. O Baião Instrumental é um show popular e sofisticado com sabor jazzístico.
A amizade de Waldonys & Misael da Hora começou quando foram apresentados em Fortaleza, mas a afinidade musical em torno do universo de  Luiz Gonzaga já vem de longa data.
O acordeonista Waldonys é afilhado de Dominguinhos e iniciou sua carreira integrando a banda de Luiz Gonzaga. Já gravou dez discos próprio, dois DVDs e consolidou seu nome junto a importantes cantores e compositores da MBP.
Misael da Hora, pianista, arranjador e produtor musical, é filho do maestro Rildo Hora, que foi amigo e produtor de Luiz Gonzaga na década de 70. Nesse período, Misael conviveu com o Rei do Baião. Alguns anos depois Misael integrou a banda de Sivuca, tocando clássicos do mestre Luiz Gonzaga em arranjos especiais.