quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Tatiana Dauster lança Medo e Força, seu terceiro CD

A carioca  Tatiana Dauster deu os primeiros passos no mundo artístico ainda muito jovem, na efervescência do Baixo Gávea do início dos anos 1990. Ali se misturavam artistas de todas as frentes, a geração que criou o CEP 20.000 - e seus desdobramentos como o Humaitá Pra Peixe -, uma turma de intelectuais, artistas plásticos, atores, instrumentistas que buscavam novas linguagens e formas de expressar a liberdade em um país que ainda buscava ansioso a luminosidade, depois de anos à sombra da ditadura militar.  Enquanto trabalhava    como backing vocal da banda Acabou La Tequila, já  se dedicava à carreira solo com seu primeiro disco, que levava seu nome, produzido por Pedro Luís. Em 2004, voltou à carga, com um CD autoral, produzida por Celso Fonseca. Depois  partiu com o projeto “Flux” para a Europa, mostrando suas músicas em casas de shows de Paris, Londres, Barcelona e até no festival Roskild, na Dinamarca.  Agora Tatiana lança seu terceiro disco Medo e  Força, que conta com as participações de Otto e do rapper norte-americano Mc Zulu.      

Show inusitado

Andy, Menescal e Rodrigo
A Cidade das Artes, no Rio, foi o palco na noite desta terça-feira, de um encontro  inusitado: Rock, Bossa Nova e MPB. Roberto Menescal, Rodrigo Santos  e Andy Summers -  um dos maiores guitarristas e fundador do The Police - mostraram que musica é sempre musica, não importa o gênero. Sucessos como Wave, O Barquinho, Exagerado, além claro, das grandes  musicas do The Police encantaram a plateia que lotou o teatro Câmara. Fotos Cristina Granato

Menescal com a mulher Yara

Andy Summers e Menescal