quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Aos 94 anos Ruth de Souza se emociona com homenagem

Julio Claudio e  Léa Garcia
com Graça, Naira,
Ediléa e Nancy  e Ruth de Souza
Cercada de amigos e muita emocionada, a atriz Ruth de Souza (94) participou, na última sexta-feira, 25,  da noite de lançamento do livro Uma Estrela Negra no Teatro Brasileiro: Relações Raciais e de Gênero nas Memórias de Ruth de Souza, de Julio Claudio da Silva. O evento reuniu na  Livraria Cultura – Cine Vitória, no Centro do Rio artistas, personalidades e representantes do movimento negro. Muito aplaudida, revelou estar surpresa e comovida com a homenagem de colegas de profissão e admiradores de seu trabalho, que se reuniram no evento para reverencia-la. “Você é a nossa querida”, disse a atriz Léa Garcia, segurando com carinho as mãos de Ruth. Todos queriam uma foto ao lado da atriz, que esbanjou simpatia e sorrisos e não conseguia conter as lágrimas. “Eu estou muito comovida. Não esperava tudo isso. Não imaginava que era tão querida”, disse a atriz.  Os atores Milton Gonçalves, Maria Ceiça, Lu Gondim, Maria Salvador, o Presidente do SATED/RJ  Jorge Coutinho e a Sub Secretaria de Inclusão Produtiva da Secretaria Municipal de Assistência Social do Rio, Jurema Batista estiveram presentes ao lançamento.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Galocantô faz turnê em homenagem a Luiz Carlos da Vila

O grupo Galocantô  se prepara para turnê nacional em homenagem a Luiz Carlos da Vila. O primeiro show acontece dia 4 de outubro, na  lona cultural João Bosco, no Rio. Neste dia eles gravam o primeiro DVD da carreira, que contará com as participações de  Wilson das Neves, Dudu Nobre, Dorina, Gabrielzinho do Irajá entre outros.

Vanda Klabin é homenageada na Casa Cor

A arquiteta Paula Neder, recebeu no último sábado, 26, no Bar da Casa Cor Rio,  com um happy hour para homenagear a curadora de artes plásticas Vanda Klabin.  A chef  Laura Pederneiras foi a responsável pelas maravilhas gastronômicas servidas no evento.
Fotos Geraldo Valadares

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Mariana Ximenes confere coleção de joias

Mariana Ximenes foi conferir, nesta quinta-feira, 24, o lançamento da coleção Verão 2016, da designer de joias Duda Camarão.   A coleção é composta por peças com design floral em tanzanita, turquesa, esmeralda, rubi e brilhantes.
Foto Murillo Tinoco

Raquel Saraceni lança o CD "O tempo me guardou você"

Raquel Saraceni fez show de lançamento do CD O Tempo Me Guardou Você, na noite desta terça-feira, 22, na Miranda. O espetáculo, que teve na plateia vários artistas, contou com  a participação especial do ator/cantor Claudio Lins. Fotos Cristina Granato









Agenda

O Quarteto Bruno Lara volta ao palco do Grand Cru Barra neste sábado, 26, para  uma noite  especial em comemoração do aniversário de sete anos da casa. A apresentação do grupo com o show Blue Lounge acontece a partir das 20h30.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Livro conta a trajetória da atriz Ruth de Souza

O livro Uma Estrela Negra no Teatro Brasileiro: Relações Raciais e de Gênero nas Memórias de Ruth de Souza, será lançado, sexta-feira, 25,  na Livraria Cultura, no Rio.
O livro conta muitas histórias da carreira e do pioneirismo da atriz, como a que ela conta que recebeu uma carta do poeta e diplomata Vinicius de Moraes para que ela levasse e entregasse a seus amigos diplomatas em Whashington caso necessitasse de ajuda, na temporada de estudos da atriz nos EUA, em 1950.
Ruth também  foi a primeira atriz negra a atuar no Theatro Municipal do Rio e com isso abriu portas para os artistas negros.
Hoje com 94 anos, a carioca Ruth Pinto de Souza iniciou a carreira nos palcos. E foi na Cia Experimental do Negro que transformou o sonho de menina de ser atriz em realidade. Em 1945 foi a primeira atriz negra a se apresentar no palco nobre do Theatro Municipal do Rio de janeiro, com o espetáculo O Imperador Jones. Depois ganhou uma bolsa e passou um ano estudando e se aprimorando na Universidade de Harvard  e na Academia Nacional de Teatro Americano, nos Estados Unidos. Daí para a frente, não parou mais: foram mais de 40 novelas, 33 filmes e dezenas de peças. Foi a primeira protagonista negra da TV Brasileira, em A Cabana do Pai Tomás (1969). Também foi a primeira brasileira a concorrer ao Leão de Ouro, no Festival de Veneza, por sua atuação no filme Sinhá Moça (1953).
“É um registro dessa memória de uma pessoa púbica do ponto de vista do cenário cultural e também evidencia a forma com a qual a própria  Ruth foi construindo a sua memória, o que chamamos a ‘construção de si’”, diz o autor Julio Claudio da Silva, Doutor em História Social e professor adjunto da Universidade do Estado do Amazonas.

Adriana Calcanhotto na ABL

A Acadêmica e escritora Rosiska Darcy de Oliveira, a compositora e cantora Adriana Calcanhotto e o arquiteto Sérgio Magalhães debatem  sobre o tema Vidas sustentáveis: a ecologia do tempo, no Seminário “Brasil, brasis”, dia 24, na Academia Brasileira de Letras, no Rio. A programação dos seminários “Brasil, brasis” se estenderá até o mês de novembro e todos serão transmitidos pelo site www.academia.org.br. Para quem for assistir, a entrada é franca.

Rock in Rio

Comemorando 30 anos de história, o Rock in Rio que teve início na sexta-feira, dia 18, no Rio de Janeiro,  o maior evento de entretenimento e música do mundo também se consolida como o maior festival da história no ambiente digital. Para quem não pôde comparecer ao evento, as redes sociais e site do festival transmitiram o espírito de festividade que acontecia pela Cidade do Rock. Uma equipe de 20 profissionais da área de Conteúdo e Engajamento se dedicou minuto a minuto em todas as plataformas de comunicação digital do evento para retratar com fidelidade os momentos do primeiro fim de semana de shows. Para se ter uma ideia da dimensão do impacto do evento nas redes, só no site oficial foram registradas 1 milhão de visitas na cobertura e a estimativa de alcance do Facebook foi de mais de 12 milhões de pessoas entre sexta-feira e domingo. E no próximo fim de semana tem mais.

8º Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa

Mais de 10 mil pessoas de diferentes credos fizeram um ato na Avenida Atlântica, em Copacabana, no último domingo, 20,  durante a 8º Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa. A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) vem chamando à razão da sociedade para o perigo de uma ditadura religiosa em um país como o Brasil, que é diversificado, repleto de crenças e laico. A Comissão, agora mais do nunca, mostra que, independente de crenças, todos são iguais. Representantes do candomblé, umbanda, católicos, budistas, muçulmanos, judeus, wiccanos, hare krishnas, ciganos, dentre outros se fizeram presentes. Além de novos adeptos como mórmons e bases evangélicas.
O dia começou às 9h, com café da manhã, no CIB - Clube Israelita Brasileiro, com vários líderes religiosos. Mais o ponto alto ficou por conta da assinatura do termo de compromisso, de apoio e suporte a grupo de policiais militares cariocas, que são seguidores das religiões de matrizes africanas, nos moldes do NAFRO, já instituído em SP e Salvador.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa faz a 8 ª Caminhada em defesa da liberdade religiosa

Nos últimos anos a CCIR vem chamando à razão da sociedade para o perigo de uma ditadura religiosa em um país como o Brasil, que é diversificado, repleto de crenças e laico. A comissão, que é a única no mundo a reunir diversos tipos de credos em uma manifestação, se prepara pra receber mais 20.000 pessoas, no domingo, 20, das 9h às 17h, na  Orla de Copacabana. Representantes do candomblé, umbanda, evangélicos, católicos, budistas, muçulmanos, judeus, wiccanos, hare krishnas, ciganos, dentre outros que já confirmaram presença. Além de novos adeptos como mórmons e bases evangélicas.
A marcha de 2015 terá a participação especial no palco com Arlindo Cruz e Rogê, além de outras apresentações durante todo o dia. O interlocutor da Comissão (CCIR), babalaô Ivanir dos Santos, atesta que o ano de 2015, a caminhada tomou uma configuração diferente das anteriores.

Gabinete de Leitura Guilherme Araújo

Vários artistas  estiveram, nesta terça-feira,  no coquetel de abertura do Gabinete de Leitura Guilherme Araújo, em Ipanema, zona sul do Rio.  Uma exposição de fotos de Thereza Eugênia  foi o ponto alto da noite. Caetano Veloso fez questão de posar ao lado de sua antiga foto.
Fotos Gui Azeredo




III Prêmio Rio Sem Preconceito

Maria Júlia Coutinho
e Glória Maria
A terceira edição do Prêmio Rio Sem Preconceito reuniu personalidades na noite desta terça-feira, no Teatro Oi Casa Grande, no Rio, onde 12 personalidades que prestaram algum tipo de serviço em prol do combate ao preconceito foram premiadas. A noite teve apresentação de Glória Maria e Marcelo Tas e show de Simone MazerJohnny Hooker. A atriz Betty Lago recebeu homenagem especial. Fotos Cristina Granato  

Garota propaganda de joias

Entre a filmagem de uma cena e outra do filme Alcunha, onde vive a personagem Débora,  a atriz Nivea Stelmann posou para as lentes do fotógrafo Rodrigo Lopes, para um catálogo de joias.
Segundo Nívea o longa estreia ainda este ano.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Estreante na Casa Cor faz almoço para festejar evento

A designer Marina Linhares, estreante na edição carioca da Casa Cor, organizou almoço para parceiros e amigos nesta quinta-feira, 10,  na Casa Cor Rio de Janeiro 2015, na Villa Aymoré.  Em seu espaço denominado “Casa dos Cocares”, Nomes como Lais Gouthier, Antonio Neves da Rocha, Pedro Paranaguá e  Bebel Palhares estiveram na  Casa dos Cocares, espaço da designer na mostra.  Fotos Marco Rodrigues

Márcio Gomes, novo rei da voz, faz show de lançamento do CD Eternas Canções

O cantor Márcio Gomes lança, na próxima quinta-feira, 17, às 21h,  no  Theatro NET Rio, seu álbum Eternas Canções, baseado no show do mesmo nome, em cartaz há um ano e  meio. O show é um apanhado do repertório do novo CD que vai de Luiz Vieira até Chaplin.
No disco  o cantor destila estas "canções eternas” e exibe versatilidade incomum, com uma mistura corajosa de pepitas – bolero, tango, canção italiana e portuguesa, standard americano. E até um Waldick Soriano (Tortura de Amor). O clássico Nossa Canção (de Luiz Ayrão) abraça tematicamente todo o espírito poliforme do CD.

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Gripe faz Cauby Peixoto cancelar show no Rio

A gripe que anda derrubando muita gente por aí é a grande culpada pelo cancelamento do show que Cauby Peixoto faria no Teatro Rival Petrobras, neste sábado,  12.
O cantor de 84 anos, que mora em São Paulo, não foi autorizado pelo médico a viajar com a saúde debilitada, principalmente para fugir dos ambientes com ar condicionado.
Os fãs que já haviam comprado ingresso podem se dirigir à bilheteria do teatro para pegar o reembolso ou trocar o ingresso para outro  show que o Rival apresente este mês. Já para quem adquiriu pelo site ingresso.com, será feito o estorno da compra.
Assim que Cauby se recuperar, será marcada uma nova data do show para o especial público do Teatro Rival Petrobras.


É hoje!

O Forum Fnac Paulista recebe a paraibana de Campina Grande Val Donato, hoje,  às 19h, para um pocket show de lançamento do seu primeiro álbum Café Amargo. Totalmente autoral, o CD traz 12 faixas de rock, alternando hard rock com baladas. Imperdível!

O Pequeno Dicionário Amoroso 2

Elenco e convidados assistiram no Cine Lagoon, no Rio, a estreia de O Pequeno Dicionário Amoroso 2, de Sandra Werneck e Mauro Farias. O longa conta a história que o  destino reservou para Luiza e Gabriel, que vivendo novas histórias de amor, eles voltam a se encontrar, 18 anos depois, e dão mais uma chance à paixão. Seus filhos, jovens abertos a todos os tipos de relacionamento, também experimentam a dor e a delícia da busca do par ideal.

Fotos Cristina Granato




quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Sarau Literário

Nesta quinta-feira, 10, o Espaço Cultural da Angola, no Centro, recebe 10 escritores angolanos que vieram participar da Bienal do Livro, e promove a partir das 15h - Sarau Literário, que contará com apresentação sobre os projetos literários de cada escritor. Entrada Franca.

Vernissage

Na individual Coletivos, a artista Myriam Glatt espalha pelas salas expositivas da galeria Toulouse sua produção pautada por uma repetição quase obsessiva de objetos da natureza como pedras, pessoas, bananas e florais. Numa obra que lida com as relações paradoxais e conflitantes entre o público e o privado, o seriado e o manual, o transitório e o permanente,a artista põe
em xeque pensamentos e abordagens comuns da contemporaneidade.
Fotos Marco Rodrigues




terça-feira, 8 de setembro de 2015

Workshop de Produção Executiva em Canais Abertos e Fechados

A produtora de novelas e eventos  da TV Globo, Verônica Esteves, realiza  workshop  Produção Executiva em Canais Abertos e Fechados, dia 12, das 10h às 17, no Colégio da Divina Providência, no Jardim Botânico. Inscrições pelo email carlosconceicao.produtor@gmail.com.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Apresentadora Ana Furtado abre espaço de beleza no Rio

Ana Furtado e Daniela Alvarenga reuniram amigos famosos e familiares na noite desta quarta-feira, 2, na abertura da clínica Skinlux, na Barra.
Fotos Cristina Granato



Encontros no Multishow

O ator Vinicius Marins, que interpreta o Joel, do programa Trair e Coçar é só Começar, do Multishow, marcou presença no Prêmio Multishow de Música, no Rio de Janeiro. Na festa, o ator encontrou com a cantora Ana Carolina e o cantor Gustavo Lima. Além do programa, Vinicius Marins vem se dedicando as gravações do curta Teresa, de Raphael Janeiro. Na história, dois amigos terão seus destinos alterados quando, após uma série de acontecimentos inusitados, se depararem com Robson (Vinicius Marins), o espalhafatoso capanga do Americano, vivido pelo ator Marcos Caruso

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

O fim da profissão?

Todos os dias centenas ou milhares de profissionais da imprensa sentam-se a frente do computador para escrever suas matérias sobre o cotidiano do estado, do país, do mundo..., noticias sobre violência, crise na saúde, na educação, no governo, na política... São informações que esclarecem, ajudam a formar opinião e, ao mesmo tempo, preocupam a população. Paralelo a isso uma crise silenciosa, dura, cruel, vem preocupando, consumindo e eliminando esses mesmos profissionais sem que ninguém perceba e, o pior, sem que nenhum veículo, nenhum meio de comunicação noticie com a real veracidade, os fatos. O famoso Passaralho – jargão jornalístico que se refere à demissão em massa nas redações – esvazia as redações, enfraquece a apuração dos fatos e consequentemente traduz meios de comunicação cada vez mais fracos de notícias e de verdades. Nos últimos trinta dias já foram centenas de profissionais cortados que enfrentam agora a dura e nova realidade: começar de novo sem saber onde.  
Como tudo tem dois ou mais lados, em outra ponta dessa história estão às faculdades de comunicação que recebem novos alunos a cada semestre e ao mesmo tempo formam mais e mais profissionais. O que farão esses jovens? Onde começarão suas vidas? À medida que profissionais são cortados, veículos acabam e com isso as possibilidades diminuem.
Em outro vértice os profissionais demitidos buscam alternativas fora das redações, nas famosas e crescentes assessorias de imprensa. Entretanto, uma pergunta vem circulando nessas empresas: onde publicar as notícias se os jornais acabaram, se as rádios diminuíram seus espaços, se as TV`s estão encolhendo o noticiário? Há quem aposte tudo na internet, mas apesar de a rede ter crescido muito de bons veículos, ainda existe o preconceito. Se o cliente não encontrar no clipping o seu produto publicado nos impressos ele acha que o trabalho não foi de qualidade.
E por fim, na outra extremidade estão: população – consumidora de informação -, e governo (políticos) – que geram notícias boas e ruins a cada dia. Mas quem ganha e quem perde nessa história toda? A população perde informação. Os governantes, de maneira geral ganham, pois com menos notícias circulando e ignorância crescendo, o fortalecimento do poder através das manobras os enriquecem a cada dia, e afastam o fantasma da reação popular.  
Muitos se queixam da falta de organização da profissão por não ter um órgão como conselho regional e federal que atue verdadeiramente na defesa e na tentativa de soluções. 
Para os mais otimistas a solução esta na reformulação da profissão, da migração total ou quase total para a internet. Tudo bem, isso é uma saída, mas quanto tempo levará essa reorganização do mercado? Haverá lugar para todos? Os salários serão atraentes? A qualidade da notícia será a mesma?
Quem viver verá. 

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Regina Martelli e João Elisio reúnem amigos para uma feijoada no Leblon

Patricia Laport, Regina Martelli
e Mila Moreira
Regina Martelli e João Elisio de Campos Ferraz receberam os amigos, no último domingo  em seu  apartamento do Leblon para uma feijoada regada a cipirinha e musica ao vivo.  Com direção do musico Guilherme Vianna, os convidados desfrutaram do melhor da  bossa nova, jazz e uma nuance de flash back. Já a feijoada foi assinada pelo chef Christiano Ramalho.
Fotos Geraldo Valadares

Tomara que Caia deixa a programação da Globo

O programa humorístico Tomara que Caia, que estreou em julho deve deixar a grade de programação da Rede Globo em outubro. O programa não alcançou os números esperados pela emissora e ainda ganhou um apelido: Tomara que saia. Assim não dá mesmo.