terça-feira, 16 de junho de 2015

Livros encontrados na Jordânia podem mudar o rumo do cristianismo

Uma antiga coleção de 70 livros pequenos, com páginas de chumbo amarrados com arame, encontrados na Jordânia,  pode desvendar alguns dos segredos dos primórdios do cristianismo. Os acadêmicos estão divididos quanto à sua autenticidade, mas dizem que se verificou serem tão fundamentais quanto a descoberta dos Manuscritos do Mar Morto, em 1947.
As tabuletas de metal podem mudar a compreensão da Bíblia. Nas páginas que não muito maiores que um cartão de crédito, tem imagens, símbolos e palavras que parecem se referir a Jesus e, possivelmente, até mesmo, a crucificação e ressurreição.
Muitos dos livros estão selados, levando a alguns estudiosos a especular se eles não são a coleção perdida de códices, mencionados no livro bíblico de Apocalipse. Isso ainda vai dar muito blá,blá,blá.

Brasil X Colômbia

A Bla Blá Champanheria, que agora funciona, de segunda a domingo, vai exibir para seus clientes,  o jogo Brasil X Colômbia, nesta quarta-feira, 17, em um telão de 9 m². OS torcedores poderão, enquanto assistem ao jogo, degustar o rodízio de comida japonesa. 
Serviço:
Bla Blá Champanheria
Avenida Érico Veríssimo, 843 - Barra da Tijuca
Reservas pelos telefones: 2495-0040 / 9 8040-7702
Funcionamento: de  segunda domingo, a partir das 18h.
Siga nas redes sociais: /blablachampanheria / @blablachampanheria

Mais verde para a Mangueira

O Morro da Mangueira vai ganhar em breve mudas nativas da Mata Atlântica que irão ajudar no reflorestamento da área, que ao longo dos anos foi perdendo verde para as construções. A iniciativa é do empresário Marco Teixeira, da Roma Fiat, que lançou uma para este mês, em que cada carro vendido uma muda será doada para a recuperação do verde. Entre as mudas estão Pau-Brasil, Ipê, Aroeira e, claro, Mangueira.

O samba suburbano atravessa a Ponte

Simone Lial  faz show de lançamento de seu novo CD  E toda dor que sofri será canção,  dia 27, no Theatro Municipal de Niterói. A carioca apresentará músicas do seu novo disco - de mesmo nome - e fará também um passeio pelo universo de Luiz Carlos da Vila, Martinho da Vila, até as músicas mais antigas do Grupo Fundo de Quintal. 
O  novo disco é todo apoiado nos elementos tradicionais do “antigo samba suburbano”, que a cantora faz questão de evidenciar na união das canções com um “tempero percussivo peculiar”, próprio de quem nasce com o samba nas veias.

Empossado

José Bernardo Cabral foi empossado nesta segunda-feira, 15, na Academia Luso-Brasileira de Letras. Ele ocupa a cadeira n° 12 que tem como patrono Antero de Quental.