quinta-feira, 25 de junho de 2015

Ivon Curi – O Ator da Canção

Com apenas dois atores em cena, o musical Ivon Curi – O Ator da Canção, que estreou nesta quarta-feira, 25, no Centro Cultural dos Correios,  traz em sua trama o confronto entre o saudoso passado e o presente através de uma reflexão sobre o tempo. Com uma dramaturgia que traz elementos do realismo mágico e do lirismo nonsense, a peça não é uma biografia tradicional e não obedece a uma cronologia linear. Protagonizado por Fernando Ceylão, interpretando o personagem título, acompanhado do ator-pianista Leonardo Wagner, o espetáculo resgata as histórias pessoais e profissionais do one man show através das lembranças do personagem, desde a infância em Minas Gerais, passando pela perda da mãe, a relação com o pai, o sonho de ser artista, a vinda pro Rio de Janeiro, o sucesso no rádio, até os últimos shows na sua casa de espetáculo Sambão e Sinhá. “A direção trabalha no sentindo de poder mostrar o Ivon pra geração dele. As histórias estão lá, as músicas também, mas temos uma levada e uma dramaturgia que quer chamar quem não conhece. A grande felicidade está em equilibrar isso. Queremos buscar as novas plateias e mostrar a importância desse homem. Sem Ivon Curi, de repente não teria subversões nem stand up”, revela o diretor Lucio Mauro Filho. Fotos Cristina Granato

Clube da Luluzinha

Gabriela Cavalcanti reuniu um grupo seleto de amigas, no Antiquários do Leblon, nesta quarta-feira, 25, para festejar mais uma aniversário. Fotos Cristina Granato