segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Salgueiro empolga Sapucaí com seus malandros

Viviane Araújo e Ludmila brilham durante o desfile do Salgueiro. Segunda escola a desfilar no 2º dia de desfiles do Grupo Especial do Rio, o Salgueiro fez na Sapucaí uma ode à malandragem. Vice-campeã nos dois últimos carnavais, a vermelho e branco trouxe um desfile caprichado e divertido, empolgando as arquibancadas, mas teve problemas técnicos que podem ser decisivos na briga pelo título. As luzes do carro abre-alas se apagaram durante o desfile levando preocupação aos diretores. O enredo “Ópera dos malandros” teve como inspiração a obra a "Ópera do Malandro", de Chico Buarque, e levou para a avenida o universo dos cabarés, botequins e personagens das ruas e da noite carioca, com direito a um zepelim de cerca de 20 metros sobrevoando a avenida por cima dos ritmistas fantasiados de Geni – personagem da "Ópera do Malandro". A escola deixou a Sapucaí sob gritos de "É Campeã!".

Viviane vestida de Malandro
Ludmila na concentração

Ala das Baianas

Unidos da Tijuca encerra a primeira noite desfile no Rio

Juliana Alves brilha mais uma vez 
Com o enredo "Semeando sorriso, a Tijuca festeja o solo sagrado", a Unidos da Tijuca fechou o primeiro dia de desfiles no Rio. A criativa comissão de frente, em que um matuto regava a terra e fazia brotar os frutos, a escola arrancou aplausos logo n o inicio. O samba enredo animado também empolgou as arquibancadas  e a azul e amarelo da Tijuca fez um desfile primoroso.  Logo mais tem mais 6 escolas.


A comissão de frente


Fiuk e Sergio Marone curtem o Carnaval de Recife

O cantor Fiuk e os atores Sergio Marone, Armando Babaioff, Samara Felippo, Juliana Boller e Juliana Mesquita marcaram presença no espaço mais VIP do carnaval do Recife

Um time de famosos marcou presença na segunda noite do Camarote Skol Carnaval Recife Antigo, em parceria com a TV Jornal, neste domingo,7. Capitaneados pela Lead!, de Carla Bensoussan, responsável por toda a concepção e produção da casa, o cantor Fiuk e os atores Sergio Marone, Armando Babaioff, Samara Felippo, Juliana Boller e Juliana Mesquita curtiram o camarote mais VIP folia pernambucana. Simpáticos, os famosos posaram para selfs com os convidados e curtiram os shows do Marco Zero da varanda do palacete da Associação Comercial de Pernambuco (ACP), com vista privilegiada para o maior palco do carnaval do Recife, por onde passaram Gaby Amarantos, Jorge Aragão e Fundo de Quintal.

Sucesso na mídia graças ao papel de Ramsés, no filme Os 10 Mandamentos, Sérgio Marone já é quase um recifense. O ator já passou temporada na capital pernambucana, em 2013, quando gravou o longa “Prometo um dia deixar esta cidade”, de Daniel Aragão, e fez muitos amigos no Recife. Aproveitou para matar as saudades, assim como o ator pernambucano Armando Babaioff, que não perde uma oportunidade de curtir o carnaval na terrinha.

Felipe Titto
Maria Fernanda e Henri
Castelli
Juliana Mesquita e
Samara Felippo

Beija-Flor na avenida em busca do Bi

Um drone foi usado para corrigir falhas
A Campeã de 2015, a Beija-Flor foi cercada no ano passado por muita polêmica com o seu enredo patrocinado sobre a Guiné Equatorial. Este ano  a azul e branca de Nilópolis optou por um homenageado menos polêmico, mas também com pouco apelo popular: Cândido José de Araújo Viana, o próprio marquês de Sapucaí, que dá nome à passarela do samba.
O enredo "Mineirinho Genial! Nova Lima, Cidade Natal. Marquês de Sapucaí, o Poeta Imortal" contou a história do político carioca, que foi ministro da Fazenda e da Justiça do Império, conselheiro de estado, deputado, presidente de província e senador. Sem patrocinadores neste ano, a escola entregou um desfile cheio de brilho e luxo, mesmo com fantasias mais leves, menos plumas e abusando de materiais alternativos. A escola levou um drone para corrigir falhas durante o desfile.
Sem muitos famosos em seu desfile, a Beija-flor conta com nomes tradicionais como Claudia Raia, o filho Enzo, o diretor de TV Boni, entre outros "filhos" fieis da escola.

















Boni e Enzo